Chapecoense 3×1 G.E.Brasil

Após sair na frente, Xavante acabou derrotado. Foto: AI Chapecoense

O Xavante sofreu na tarde desse domingo a sua primeira derrota no Campeonato Brasileiro da Série C. Jogando em Chapecó, o G.E.Brasil perdeu por 3 a 1 para Chapecoense e perdeu uma posição na classificação da chave D. Na outra partida da chave o Caxias empatou com o Joinville em 2 a 2 na serra gaúcha.

Em Chapecó o G.E.Brasil saiu na frente do placar logo aos 8 minutos com gol marcado por Marcos Denner. A Chapecoense empatou com Neilson aos 31 da primeira etapa. Na segunda etapa a equipe da casa virou a partida e fez o terceiro com Neilson duas vezes. O ataque Xavante abusou de perder gols, grande parte deles com Luiz Carlos, que em entrevista após a partida se desculpou pelos gols perdidos. Mas nem todos os gols perdidos foram por falhas do ataque Xavante, o goleiro Rodolpho da Chapecoense pegou muito, inclusive afirmou ter sido uma das suas melhores partida na carreira. O G.E.Brasil ainda teve o zagueiro Asprilla expulso no final da partida. Mesmo com o resultado ruim, a equipe jogou em busca do empate e mostrou ter time para tal. Nos detalhes acabamos perdendo a partida.

A torcida Xavante compareceu a partida em bom número, cerca de 100 torcedores. O fato a se lamentar foi no final da partida onde torcedores da Chapecoense começaram a jogar pedras de fora para dentro do estádio, onde estava localizada a torcida Xavante. Conforme relatos de torcedores Xavantes, a polícia militar de Chapecó estava totalmente despreparada para tal situação. Enquanto tijolos voavam na arquibancada Xavante, os policiais assistiam a tudo, imóveis. Não to aqui para dizer que a torcida do Brasil é feita de anjos, lógico que não, mas assistir a PM descer a porrada em senhores de idade e crianças, jogar spray de pimenta em mulheres, sem reagir, é impossível. Mas isso acontece porque a torcida da Chapecoense não viaja. Não sai de dentro de casa. Se acompanhassem o seu clube ao invés de ficarem sentados no sofá pagando pau para dupla gre-nal, saberiam que tem que tratar bem a torcida adversária porque tem o jogo da volta. Eu acompanho o Brasil estrada a fora e há muito tempo somos bem recebidos dentro e fora do Rio Grande do Sul, e assim também acontece no Bento Freitas com as torcidas adversárias. É profundamente lamentável que isso ainda aconteça no futebol, uma torcida querer assistir futebol e ouvir de uma polícia militar a seguinte frase: “Nunca mais voltem a nossa cidade”.

Mas, nós Xavantes, já estamos calejados disso. Domingo que vem estaremos em Caxias do Sul acompanhando o nosso time novamente. Porque torcedor assiste futebol no estádio, quem vê pela tv é telespectador.

FICHA TÉCNICA

Chapecoense: Rodolpho; Dema, Amaral Rosa e Groli; Rafael Bitencourt (Diego Felipe), Diogo Roque, Everton César, Neném (Rodrigo Tissen) e Aelson (Medina); Jean Carlos e Neílson. Técnico: Mauro Ovelha
G.E.Brasil: Vanderlei; Jackson, Jonas, Asprilla e Nill (João Emir); Carlos Alberto, Léo Medeiros (Juninho), Athos e Guilherme (Rafael Xavier); Marcos Denner e Luis Carlos. Técnico: Beto Almeida
Local: Arena Condá, em Chapecó
Data: 14/08/2011
Horário: 16h
Árbitro: Wagner dos Santos da Rosa-RJ
Auxiliares: José Amilton Pontarolo-PR e Juliano Fernandes da Silva-SC.
Cartões amarelos: Everton César, Diego Roque e Rodolpho (Chapecoense); Guilherme, Athos, Rafael Xavier e Asprilla (Brasil)
Cartões vermelhos: Diogo Roque e Groli; (Chapecoense); Asprilla (Brasil)
Gols: Neílson aos 31min do 1º T, aos 10min e 28min do 2º T (Chapecoense); Marcos Denner aos 8min do 1º T (Brasil)

CLASSIFICAÇÃO

1º Joinville – 8 pontos
2º Chapecoense – 7 pontos – saldo +4
3º G.E.Brasil – 7 pontos – saldo +1
4º Santo André – 3 pontos
5º SER Caxias – 2 pontos

A próxima partida do G.E.Brasil pela Série C será contra o Caxias na serra gaúcha no próximo domingo. Jogo que já está mobilizando a torcida Xavante para invadir Caxias do Sul.

FOTOS
by ClicRBS e Paulo Gastal





ÁUDIOS
* capturados da Rádio Pelotense AM









20 Comentários

    • Rollo

      15/08/2011

      O XAVANTE tem torcida que acompanha,fique ligado policia militar nós iremos a Caxias do Sul; Joinville para Fazer festa para o Xavante, não para ser mal tratado, é para torcer pelo time de coração, por favor pensem que o torcedor Xavante esta contribuindo para uma melhor arrecadação para teu time,para a cidade, para o comercio, esperamos qualquer torcida em Pelotas e digo serão bem tratados.

    • Douglas

      15/08/2011

      Como eu havia comentado aqui na semana passada, eu estava torcendo pro Xavante na tarde de ontem. Por que uma vitória do Joinville combinada a um bom resultado do Xavante em Chapecó praticamente selaria a classificação das duas equipes. Mas, o Xavante levou a virada e o Joinville deixou escapar uma vitória que já estava na nossa mão. Resultado de tudo isso: grupo continua embolado e promete ficar assim até a última rodada. Semana que vem o Joinville vai a Santo André e lá tem que no mínimo trazer mais 1 pontinho. E o clássico na Serra Gaúcha promete pegar fogo. Mais vamos em frente. Abraços

    • Luis Arnaldo Becker

      15/08/2011

      É, infelizamente não deu. O time se postou bem na maior parte do jogo e perdeu várias oportunidades claras, não esquecendo a belíssima participação do goleiro Rodolfo da Chapecoense. O jogo de volta promete, mas espero que seja sem violência. Moro em Chapecó a 16 meses, sou torcedor xavante, já fui vizinho do estádio Bento Freitas e sempre que posso, mesmo longe, acompanho os jogos do clube. Gosto muito de futebol e já fui a alguns jogos da Chapecoense por não ter nada pra fazer por aqui, realmente a polícia daqui não sabe lidar com torcedores, principalmente os adversários, só gostaria de esclarecer que os fatos de violência foram de ambas as partes e de forma alguma devemos defender uma parte da torcida xavante que esteve aqui mais pra bagunçar do que para torcer, lamentável! Bola pra frente agora, acho que os 3 primeiros da chave irão disputar as duas vagas, por isso o jogo da volta é crucial. Boraaaa!!!

    • Nei

      15/08/2011

      Primeiramente gostaria de dizer que o jogo foi um belo espetaculo antes de o juiz começa a distribui cartão vermelho pra todo mundo. O futebol apresentado pelas duas equipes foi de alto nivel e com toda a certeza merecem ser os dois classificados para a proxima fase. Joinville acha que é time mas não é nada. Então não tendo nem time e nem torcida que mereça ir para a Serie B que vá nós dois.
      Fato lamentavel foi as confusões fora de campo. Disse antes do jogo a um amigo, tomara que não tenha a palhaçada de ficarem um se achando mais macho que o outro. Quando estava chegando ao estadio um dos onibus da torcida de vocês estava chegando e passei ao meio de todos e não fui chingado por nenhum e nem provocado. Bem pelo contrario veio até um e me deu um abraço, mas acho que era porque tava bebado. Mas não vem ao caso.
      O que quero ressaltar aqui é que tenho certeza que não foi todos que vieram até Chapecó para arranjarem confusão. Laranjas podres tem em todo lugar. Lamento pelos acontecidos. Espero que no jogo de volta dentro de campo seja mais um belo espetaculo e que fora dele tenha paz e não essa palhaçada como disse antes.

      Aos que quiserem me responder algo, podem escrever neste endereço que lerei e responderei tranquilamente.
      http://www.eternamentechape.blogspot.com

      Abraços Verde e Branco

    • jhonny

      15/08/2011

      Infelizmente em qualquer lugar existe gente “boca mole” que fala e se comporta como nao deveria.
      Sempre havera hostilidade num jogo fora de casa, mas nao da pra admitir violencia desse tipo. Esse tipo de atitude de ontem, nao eh exclusiva de Chapecó, acontece em 95% dos locais onde rola jogo…talvez nao com pedradas e etc como ocorreu, mas soh o fato de esculhaxar o torcedor adversario, jah eh uma violencia (nao to falando dos xingamentos normais, to falando das intimidações).
      pro “desinformado” q escreveu o texto, a torcida da Chape acompanha o time sim! Até ao maracanã já foram pra ver o verdao!
      Seguiremos fortes!
      boa sorte pra vcs!
      Na paz!

    • carla cruz

      15/08/2011

      Realmente, essa frase foi horrível: “não voltem nunca mais”. Ouvi isso ao final do jogo, quando fui pedir informação “do caminho” até a van e o policial apontou-o com a “borracha de apagar ideologias”. Uma torcedora que filmava a agressão da policia armada sobre um dos torcedores xavantes, teve a câmera fotográfica “arrancada” das mãos por um policial bem truculento, que só devolveu o aparelho por pedido de uma colega, que “ordenou” que ele a devolvesse à dona. Patético, não fosse trágico! Por outro lado, fomos elogiados pela limpeza do Parque Palmital ao final da nossa confraternização, pois deixamos o espaço tão limpo quanto o encontramos. E de lambuja, contribuímos com a coleta seletiva e a renda mensal de alguns catadores de latinhas. Belíssimo lugar para passar um domingo tão especial!

    • Gelson

      15/08/2011

      Sou sócio da Chapecoense e fui ao jogo. Não gosto dessa discussão sobre quem estava certo e quem estava errado. Um lado vai dizer que o culpado foram os outros, e o outro lado vai dizer o mesmo. Eu não vi, mas o comentário aqui em Chapecó é de que um torcedor xavante teria jogado uma camisa da Chapecoense no chão e pisado em cima. Isso é coisa que não se faz. Teve também alguns xavantes (três ou quatro) que empurraram policiais. Essa eu vi. Daí é pedir pra levar choque.
      São versões, mas tanto do lado da torcida da Chapecoense, quanto da torcida xavante houve excessos. Infelizmente, maçãs podres existem em todo lugar, seja em Chapecó, em Pelotas, na Bósnia ou no Uzbequistão. Por isso que é necessário termos policiais preparados em todos os lugares. A própria torcida da Chapecoense já foi vítima de policias despreparados noutras cidades.

      Também gostaria de esclarecer o blogueiro que a torcida verde-branca acompanha a Chapecoense fora de casa, sim. Isso ocorre em 95% dos jogos. No estado de Santa Catarina, o nosso torcedor é o que mais se faz presente no campo do adversário, e também em maior número. Isso é fato registrado. Não tem como contestar. Lembro-me de um jogo em Erechim, em 2009, que havia mais torcedores do Verdão que do Ypiranga. Só para citar um exemplo.
      No Catarinense, acompanhamos todos os jogos fora. Na Série C, estivemos também representados em Joinville e Caxias do Sul. Em outros anos, já fomos a Londrina, Curitiba, Naviraí (MS), Rio de Janeiro (Maracanã). Até em Alto Araguaia (MT) estiveram torcedores da Chape. E dessa vez, em Pelotas, o time não estará sozinho.

      Fico triste pelos acontecimentos, mas certo que não é pela atitude de uma minoria que se deve julgar a torcida em sua totalidade.

      Um abraço!

    • Gelson

      15/08/2011

      E outra coisa,
      Aaqui em Chapecó tem sim muitos torcedores da dupla Gre-Nal, até porque a região Oeste de Santa Catarina foi colonizada por gaúchos. Mas aí em pelotas Grêmio e Inter também tem muitos torcedores. Sei disso porque tenho amigos pelotenses que moram em Chapecó: torcem para um da dupla e para um da cidade.
      Aqui em Chapecó há um bom tempo a dupla Gre-Nal deixou de ser prioridade. Diferente de outros clubes, a Chapecoense não se importa mais em fazer jogos no mesmo horário de Grêmio e Inter. O Verdão é o número 1.
      Só pra esclarecer.

      Abraço!

    • Jean

      15/08/2011

      A torcida Chapecoense, viaja sim, é uma das torcidas de SC que mais viaja, até porque estamos fora da região da maioria dos times catarinenses que é do litoral… infelizmente eu que estava arrumando um ônibus para esta viagem , onde iriam mulheres e crianças também, devido a ação de uma meia dúzia de pessoas terei que deixar de apoiar meu time uma vez que sei que vai ter revide e como sempre quem nada fez vai acabar pagando.. Sucesso ao Xavante, pois junto com a Chape é o time que eu gostaria que subisse..

      • Marcelo Barboza

        15/08/2011

        Perfeito o seu comentário Jean. Por causa de uma duzia que não acompanha o seu time vocês torcedores acabam sofrendo. O meu grande temor é que algo possa acontecer em Pelotas pois lá também tem essa uma dúzia de cabeças ocas. Se bem que os que estavam em Chapecó eram o pessoal mais calmo, que realmente sofreu nas mãos da polícia local por total despreparo. Mas, infelizmente convivemos com isso no futebol. Sorte a Chapecoense, que classifique em segundo no grupo.

    • Murilo

      15/08/2011

      Estava em Pelotas no dia dos pais. Lamentável o que ocorreu. Sem dúvida esse atrito deve ter sido um ato isolado, espero que tenha sido. Infelizmente não ponho a mão no fogo por todos os pares da torcida xavante, embora sempre encontre excelentes pessoas nos que comparecem aos jogos fora.
      Gosto muito de Chapecó e de várias outras cidades do oeste catarinense, contrariamente ao comportamento de muita gente da parte leste do belo estado catarinense, que em muitas vezes agem de má-fé com os visitantes por um atrito que nunca tivemos com eles, e isso não me refiro a clubes.

      Espero que ninguém faça uso de nenhum texto aqui para alimentar revanchismos e iniciativas que sejam ofensivas aos visitantes que virão a Pelotas, que são os torcedores adversários que mais devemos respeitar, embora respeito não precise de contrapartida para ter, é algo intrínseco ao CARÁTER.

      No mais, tenho raiva da derrota, não dos adversários, para acalmar os nervos em vez de pedras, socos e linguagem de baixo calão, tomemos todos alguma cerveja, troquemos histórias, a vida é curta demais para criar ódios tão mesquinhos.

      Abraços

    • Marcelo Barboza

      15/08/2011

      Gostaria de pedir ao leitor que está postando comentários e fazendo ameaças, chamado “Chapecoense”, do e-mail [email protected]…, que se identifique para que seus comentários sejam postados. Esse e-mail que você colocou aqui é inválido pois respondi a ele e retornou. Se identifique e seus comentários serão todos postados.

      Saudações Xavantes.

    • Douglas

      15/08/2011

      Com todo respeito ao amigo Nei que falou aí que Joinville não tem time e nem torcida tenho que falar duas coisas.
      1° achar que uma equipe é fraca está dentro do palpite e conhecimento de cada um de futebol. Respeito a opinião.
      2° agora, falar que o Joinville não tem torcida aí já falou algo inexistente. Vá ao site da CBF e veja que o JOinville tem a quarta melhor média de público da Série C. Perde apenas para Paysandu, Fortaleza e Campinense. Só para esclarecer ao amigo de Chapecó que pelo jeito além de Bairrista é desinformado.

    • PH

      15/08/2011

      cara fala que a torcida de chapecó não sai de casa é provar que realmente você não sabe o que escreve, e quanto as pedras no final do jogo não sei se é verdade pois não vi nada mas o que eu vi foi a confusão no intervalo do jogo espero q falem sobre isso tmb.

    • Janice

      15/08/2011

      Gostaria de comentar aqui que os excessos cometidos pelas torcidas já eram esperados, como na maioria dos jogos de futebol. Sempre há aqueles que se “passam” na bebida antes do jogo e acabam abusando na hora da partida. Até mesmo o evento das pedras não foi uma grande surpresa.
      A principal barbaridade desse dia foi o total despreparo da polícia, pois se eles estivessem bem treinados não deixariam que as pedras fossem jogadas, muito menos atirariam spray de pimenta deliberadamente em crianças, mulheres e idosos.
      Não culpo a torcida chapecoense pelo ocorrido, e sinceramente não desejo “revide” no jogo da volta, pois de forma alguma desejaria que outra mulher passasse pelo que passei em Chapecó.
      Fica registrado aqui apenas meu descontentamento com a polícia, que deveria estar lá para proteger e não para agredir.
      Ouvi um policial falando para um dos torcedores que a farda dele é honrada, na minha opinião devemos ver um fardamento e sentir respeito, e não medo e desprezo! Honrar é respeitar.

    • Rollo

      15/08/2011

      GOSTARIA DE PEDIR PARA A TORCIDA XAVANTE, ORGANIZADAS OU NÃO, QUE RECEPICIONEM OS TORCEDORES DA CHAPECOENSE, E DE TODAS AS OUTRAS TORCIDAS, DE UMA FORMA QUE FIQUE GRAVADO QUE A TORCIDA XAVANTE É HOSPITALEIRA, E PEDIR PARA AS EXCURSÕES QUE IRÃO A PELOTAS FAZER CONTATO COM AS TORCIDAS ORGANIZADAS PARA UMA CONFRATERNIZAÇÃO EM PELOTAS PARA DEIXAR DE LADO ESTE TITITI QUE ESTA FICANDO NO AR, POIS QUANTO MAIS SE FALA VAI SER PIOR, PARA OS DOIS LADOS.
      gOSTAMOS DE VIAJAR E SEMPRE RECLAMAMOS QUE NÃO VEM TORCIDA EM PELOTAS ENTÃO VAMOS FAZER DESTA VEZ DIFERENTE. VAMOS RECEBER E DAR UMA BOA HOSPITALIDADE PARA OS VISITANTES QUEM TEM QUE BRIGAR E OS VINTE DOIS EM CAMPOS NÃO NÓS PAIS DE FAMILIAS QUE VIMOS O FUTEBOL DO NOSSO TIME COMO RECREAÇÃO.
      LAMENTO NÃO PODER IR A PELOTAS RECEPCIONAR VOÇES DA CHAPECOENSE , MAIS ESTA AÍ UM PEDIDO, QUE GOSTARIA QUE FICASSE FORTE POR PARTE DE TODOS QUE SE JULGAM TORCEDOR E NÃO ANARQUISTA.

    • Gregory

      16/08/2011

      caramba quanta discussão , a Chapecoense venceu o jogo dentro de campo e pronto , o que acontece fora dele , nunca da para se dizer que foi culpa de uma TORCIDA ou de outra , e sim de alguns que compõe o estádio , a TORCIDA de um clube é um universo muito grande para individualizar ! agora dia 28 , o jogo é no Bento Freitas , vamos tentar vencer no campo assim como a Chape nos venceu em SC , e buscar a classificação !
      Um abraço e Xavante rumo a Série B !

    • Silvio

      16/08/2011

      Caro Marcelo.

      Grande jogo.
      Porém lamentável a tua colocação no post. É uma colocação provocativa e nada contribui.
      Na série D colocamos mais de 500 torcedores no RJ. Colocamos mais de 1.000 torcedores em Erechim (mais que a torcida local). Levamos 100 torcedores a Londrina – PR e Naviraí-MS, 200 torcedores em Curitiva-PR.

      E o que você colocou não corresponde a realidade. O que houve realmente foi que um torcedor xavante pegou uma camisa da Chape e pisou em cima etc. Estava exaltado o guri. Quando uma policial feminina veio, se achou muito galo o rapaz (falso machão). A policia então reagiu, até porque isto sempre foi obrigação da PM. E novamente alguns torcedores quiseram bancar o galo contra a Policia. Eu vi isto de camarote, uns 30 metros do local. O spray de pimenta houve mas devido a que torcedores xavantes queriam partir para a briga.
      E a frase da PM, se aconteceu é muito infeliz, mas se houve, é porque muita coisa deve ter acontecido
      Tirem as laranjas podres do meio da Xavante. Identifiquem e não aceitem que viajem mais junto. Isto vale para qualquer torcida, não somente a Xavante. Sabemos que a Xavante é uma baita torcida, porém as tuas colocações no post não estão ao nível da Xavante. Ficar depois jogando a culpa nos outros … tenha a santa paciência

    • Allan D.

      17/08/2011

      Em meio a comentários de alto nível, encontra-se um post de tom prejorativo e provocativo, acho que o escritor do blog deveria ter mais responsabilidade com o que fala.

      O que aconteceu foi um confronto entre PM de chapecó e a torcida do GEB, o que não tem relacionamento nenhum com a torcida. Incluse a PM pegou algumas laranjas podres da chapecoense tbm no final da partida.

      Agora me diga, a XAVANTE tem o poder de controlar as ações da Brigada Militar??

    • Guilherme

      17/08/2011

      Nada justifica o que a “torcida” da Chapecoense fez, mas fica dificil ser racional ao ver uma camiseta do teu time sendo queimada.

      Não existe santo nessa história.

      E quanto a pagar pau pra dupla GreNal, ano passado eu tava saindo do estádio, tinha grenal na mesma hora de Chape e brasil, e veio um xavante me pedir quanto tava o referido jogo.

      E saindo do jogo, passei por um bar que transmitia o GreNal e haviam mais torcedores xavantes vendo o jogo do que torcedores da Chape. Então cuidado com teus comentários sobre pagar pau para a dupla, pois tens o teto de vidro.

Comentar

Nossos parceiros

?>