G.E.Brasil 1×1 São Paulo-RG

O garoto Javier foi um dos destaques da noite. Foto: Carlos Insaurriaga

Quase! Mesmo com o abafa, a vitória não veio.

O G.E.Brasil empatou na noite dessa segunda-feira com o São Paulo-RG em 1 a 1 no estádio Bento Freitas.

Quem foi ao estádio Bento Freitas viu um time guerreiro e persistente. Porém com os mesmos erros defensivos das últimas partidas. Assim o São Paulo saiu na frente com um gol sem querer de Anderson Ijuí. Uma bola foi mal recuada para o goleiro Júlio César que na tentativa de afasta-la chutou a mesma em cima do atacante riograndino e a bola entrou. Isso aos 39 minutos da primeira etapa. Na segunda etapa Alex Goiano empatou a partida após jogada de Wender, improvisado na lateral-direita.

Com oito jogadores no departamento médico e sem Willian Kozlowski cumprindo suspensão, o técnico Luizinho Vieira teve aproveitar quatro jogadores da base Xavante para formar o elenco para essa partida. E nisso tivemos uma ótima surpresa. O atacante Javier saiu como titular e foi muito bem na partida, sendo elogiado pelos torcedores e pelo técnico Luizinho. O São Paulo pouco mostrou perigo ao Brasil, somente com uma bola na trave e em outro lance mais agudo. Já o rubronegro teve momentos de constantes pressões, jogando no abafa. Perdeu inúmeras chances de cara com o gol. Nos descontos o zagueiro Uillian Nicoletti cabeceou uma bola que o goleiro do São Paulo tirou com os olhos. Incrível. E assim o Xavante não conseguiu vencer o time de Rio Grande.

Agora o jogo é em Rio Grande, contra o mesmo São Paulo, no próximo sábado, provavelmente às 20:30h.

Com o final da Série A do Gauchão para alguns clubes, alguns jogadores talvez comecem a desembarcar no Bento Freitas. O primeiro já contactado. É o lateral-direito Tiago Ranow que disputou a Série A pelo Santa Cruz. Como o time dele já está eliminado faltando apenas uma rodada para o término da fase de classificação, a direção tenta adiantar a apresentação do jogador visto que o único lateral-direito do elenco, Éder Silva, está no DM.

O resultado não foi o esperado, mas se viu um time muito competitivo em campo. E isso já inspira novos ares. O resultado foi injusto e a torcida reconheceu o esforço do elenco. Agora é ir à Rio Grande e buscar os três pontos.


FICHA TÉCNICA

G.E.Brasil: Júlio Cézar; Wender, Uillian Nicoletti, Tiago Saletti e Willian Ribeiro; Rodrigo Dias, Dione (Marquinhos), Ezquerra e Alex Goiano (Pierre); Jabá e Javier (Baiano). Técnico: Luizinho Vieira.
São Paulo: Willian; Mateus (Jean), Júnior Xavier, Caçapa e Rafael Gaúcho; Roger Gaúcho, Deivid, Dangelo (Dudu Branco) (Alex) e Anderson Ijuí; Juliano e Rafael Refatti. Técnico: Rudi Machado.
Arbitragem
: Maicom Zuge, auxiliado por Cláudio Gonçalves e Rodrigo Macedo.
Cartões Amarelos: Marquinhos (Brasil) e Mateus, Juliano e Jean (São Paulo).
Cartões Vermelhos: Baiano (Brasil) e Jean (São Paulo).
Gols: Anderson Ijuí (39′ – 1º tempo) e Alex Goiano (11′ – 2º tempo).

CLASSIFICAÇÃO

Grupo A

1º Guarany-CA 18pts
2º Farroupilha 14pts – 4 vitórias – saldo 4
3º G.E.BRASIL 14pts – 4 vitórias – saldo 1
4º São Paulo-RG 14pts – 4 vitórias – saldo 0
3º Inter-SM 14pts – 4 vitórias – saldo -3
6º Riograndense-SM 12pts
7º 14 de Julho 11pts
8º Riopardense 10pts
9º Guarani-VA 9pts
10º Rio Grande 8pts

VÍDEO

 

ÁUDIOS
*capturados da Rádio Pelotense AM









Comentar

Nossos parceiros

?>