G.E.Brasil 3×2 Riograndense-SM

Em noite inspirada de Éder Machado, Xavante vence de virada

vs_riograndense002

Éder Machado marcou três vezes e deu a vitória ao Xavante. Foto: Paulo Rossi/DP.

Foi uma noite daquelas. Noite para ficar na memória do torcedor Xavante. Há quem lembrou do Bra-pel dos 9 em campo, outros dos 3 a 0 com o Ypiranga em 2007. Não pela partida em si, mas pela emoção sentida. O Grêmio Esportivo Brasil venceu o Riograndense de Santa Maria por 3 a 0 na primeira partida da semifinal do primeiro turno da Série A-2 do Gauchão 2013. Ufa! Éder Machado anotou um Hat-trick, embuchou as redes do Riograndense três vezes.

O Riograndense saiu na frente do placar em um chute indefensável de Cassel aos 8 minutos da primeira etapa. Aos 30, Éder Machado marcou de cabeça o gol de empate do Brasil. Quando parecia que a coisa mudaria de rumo, o Riograndense marcou o seu segundo gol aos 7 minutos da segunda etapa com Gustavinho. Ai veio a grande virada Xavante. Cleiton deu um belo passe para Éder Machado que chutou no canto do goleiro Yai aos 13 minutos. Aí o Brasil foi para o abafa com a entrada de Márcio Hahn e Márcio Jonatan. Aos 38 minutos, Márcio Jonatan foi derrubado na área e o árbitro Leandro Vuaden marcou penalti pro Brasil. Éder Machado cobrou e marcou o gol da vitória Xavante. Festa na Baixada.

Talvez tenha sido o melhor jogo do Brasil esse ano. O time foi guerreiro e soube jogar mesmo atrás no placar. Há quem jamais esquecerá dessa virada. Haja coração. E lhes digo, domingo tem mais. Certamente a torcida Xavante vai invadir Santa Maria. Será um grande jogo que poderá dar ao Brasil a vaga à final do primeiro turno, e vai dar. Temos um time de guerreiros que trará essa vaga para o Bento Freitas. Na bola. Na luta. Fácil não será, aliás, nunca foi.

Na outra semifinal o São Paulo-RG venceu o Glória por 2 a 0.


FICHA TÉCNICA

G.E.Brasil: Luiz Müller; Tiago Rannow (Márcio Hahn), Cirilo, Fernando Cardozo e Rafael Forster; Leandro Leite, Washington, Wender e Cleiton (Canhoto); Alex Amado (Márcio Jonatan) e Éder Machado. Técnico Rogério Zimmermann.
Riograndense-SM: Yai; Anderson, Marcio Nunes, Vinicius e Rangel; Cassel, Michel, Julio Abu (Dangelo), Gustavinho; Tiago Duarte (Foletti) e Fabio Alemão. Técnico: Círio Quadros.

Local:
 estádio Bento Freitas, em Pelotas.
Horário: 20h.
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden.
Auxiliares: Leirson Peng Martins e Charles Lorenzetti.
Cartões Amarelos: Fernando Cardozo, Tiago Rannow e Márcio Jonatan (Brasil); Yai, Márcio Nunes, Vinicius e Julio Abu (Riograndense).
Gols:
Éder Machado, três vezes (Brasil); Cassel e Gustavinho (Riograndense).

 

FOTOS

 

VÍDEOS

 

ÁUDIOS
*capturados da Rádio Pelotense AM









Nossos parceiros

?>