Insuperável

Já se foram 5 anos desde aquele dia 15 de janeiro de 2009. De lá para cá muita coisa mudou no mundo, em nossas vidas e no Grêmio Esportivo Brasil. Mas não adianta, todo 15 de janeiro o sentimento do torcedor Xavante é de um vazio extremo e uma tristeza aguda. Por mais que muitos digam que foi o dia que superamos, é mentira. Durante todo o ano parece que foi superado, mas quando chega o dia 15 de janeiro é que notamos o quanto eles nos fazem falta. É um sentimento estranho.

Domingo, às 18 horas, no Bento Freitas, o Brasil volta à primeira divisão do Gauchão em jogo contra o Cruzeiro-POA. Tudo volta ao normal dentro do campo, menos nos corações dos familiares de Milar, Régis e Giovani e de cada torcedor Xavante. Com certeza eles estarão no Bento Freitas nesse domingo, não em campo, mas no grito de cada torcedor Xavanet na arquibancada. Na força que essa torcida tem.

Abaixo duas matérias do Globo Esporte RS sobre os cinco anos sem Régis, Milar e Giovani.









Nossos parceiros

?>