Agora é as ganhas

E teve Copa. Não levando em conta os 7 x 1 contra a Alemanha e o consequente fracasso da nossa selecinha, correu tudo bem. Como de costume, ainda mais em ano de eleição, a grande imprensa nacional propagou o caos para debitar na conta no governo federal. O tiro saiu pela culatra e agora está tendo que engolir o estrondoso sucesso. Sucesso fora e dentro de campo. Dentro de campo, não lembro de outra copa com jogos tão bons e com tanta emoção. Fora dele, a Copa das Copas está registrada na história.

Mas isto agora é passado. Vai começar o que realmente interessa a nós Xavantes, a Série D do Campeonato Nacional. O nosso caminho para a felicidade. A nossa chance de sair da mediocridade local e voltarmos para as competições nacionais.

Sei que muitos vão dizer que é soberba, que isto ou aquilo. Mas a verdade é que o GEB é um dos poucos clubes do interior do Rio Grande do Sul, se não o único, que reúne condições de participar com efetividade de competições nacionais. E isto tem uma explicação simples. Temos torcida e temos identidade própria. Em poucas palavras, dependemos apenas de nós mesmos. Não precisamos de gigolô para viver. Conosco o peido é seco.

Uma prova disto é o trabalho que vem sendo desenvolvido pela atual direção. E vou me deter apenas ao que se refere diretamente ao futebol. Nunca na história do GEB houve um momento com uma preparação da forma como vem sendo feita. Comissão técnica e time base prestigiados e mantidos por mais de uma temporada, e não aquela loucura de dispensar e contratar a cada intervalo entre as competições. A tão desejada e propagada sequência de trabalho. O diabo não é esperto porque é diabo, mas porque é velho.

Vai começar o que realmente interessa a nós Xavantes, a Série D do Campeonato Nacional.

O que todos sabiam e sempre sonharam está sendo feito. E por que? Pelo simples fato da diretoria ter um suporte chamado “mais de 5.000 sócios em dia”. Esta é a diferença. Nós fizemos e somos a diferença. E só um clube no interior do RS tem esta força e é capaz disto: o nosso Xavante! Sei que existem um ou dois outros clubes com um quadro de associados significativos. Mas também é verdade que funcionam como clubes sociais, com piscinas, salão de festas, etc. O que o GEB oferece é um produto único: o orgulho de ser Xavante! Chora e aprende secador. É bom ser Xavante!

Se vamos ser campeões, se subiremos para a Série C, não sei. Futebol não é ciência exata. Acho que nem ciência é, quanto mais exata. O que sei é que o caminho é este. Quadro forte de associados, diretoria com os pés no chão, planejamento, sequência de trabalho, time comprometido e apoio da Torcida nas arquibancadas. O sucesso é questão de tempo e a nossa hora está chegando.

Neste sábado começará a nossa temporada de apresentações para o segundo semestre. Chega de ensaio, que rufem os tambores. Estou ansioso, nervoso e angustiado. Mas animado. Acho que dá. Tem que dar. Vai dar! Prá cima deles, Xavante!

Abs.


Ivan Schuster
Onda Xavante









1 Comentário

    Comentar

    Nossos parceiros

    ?>