Obrigado, Grêmio Esportivo Brasil

Torcida do Brasil compareceu em peso no Beira-Rio. Foto: Flávio Neves

Torcida do Brasil compareceu em peso no Beira-Rio. Foto: Flávio Neves

E o campeonato gaúcho de 2015 chegou ao fim para o G.E.Brasil. Com uma grande campanha, o Xavante terminou o campeonato na terceira colocação e conquistou novamente o campeonato do interior, título também conquistado no ano passado.

Ainda tentando uma vaga na final do campeonato, o Brasil enfrentou o Internacional, no Beira-Rio, na tarde desse domingo. Precisando vencer a partida para alcançar a classificação, o time rubronegro soube segurar as ações do time colorado na primeira etapa. O destaque do primeiro tempo foi o goleiro Eduardo Martini, fazendo grandes defesas. Já na segunda etapa o Internacional voltou com um grande volume de jogo, superando o excelente jogo defensivo do Brasil. Alex abriu o placar, Valdívia marcou de fora da área e Rafael Moura ampliou o placar para 3 a 0. Márcio Jonatan descontou para o Brasil.

A diferença técnica entre os elencos era sabida e notória. Sem falar na diferença financeira. Mas a torcida do Brasil foi até o Beira-Rio com a esperança de eliminar o Inter. Como muito torcedores falaram: “Se eu não acreditasse, não saia de casa”. O Brasil precisava jogar o seu melhor futebol do ano e contar uma má tarde do time colorado. Aconteceu que o Brasil manteve o seu volume de jogo habitual, esperando o Inter para jogar no contra ataque. Mas o Inter fez um grande segundo tempo, muito acima do que vinha jogando nesse Gauchão. Aí não teve o que fazer.

O ano de 2014 tinha fantástico para o torcedor do Brasil. Havíamos saído da famigerada segundona e só isso já era um alívio. Aí veio o campeonato do interior, vaga na Copa do Brasil e a vaga para o Campeonato Brasileiro da Série D. Na disputa da Série D, veio o acesso à Série C e o vice-campeonato da competição. Para 2015, a direção Xavante fez todos os esforços possíveis e manteve Rogério Zimmermann e grande parte do elenco vencedor de 2014. O Gauchão começou com tudo, com o Brasil vencendo seus jogos e liderando a competição. Nesse meio tempo, ainda jogamos contra o Flamengo no Bento Freitas e no Maracanã. Histórico. Vencemos o Grêmio na Arena e nos classificamos para as finais do Gauchão com algumas rodadas de antecedência. Nas quartas vencemos o Lajeadense e nas semifinais paramos no Internacional. Dessa forma garantimos a vaga para a Copa do Brasil de 2016 e fomos bi-campeões do interior. De lambuja ainda vimos do Caxias ser rebaixado junto com o Alex Brasil. Coisa linda.

Nas arquibancadas, a torcida Xavante seguiu dando o seu show. Esteve presente em todos os jogos fora de casa. Esgotou todos os ingressos no jogo da Arena da OAS e no Beira-Rio. Lotamos o estádio que alugamos, aquele mesmo, acostumado a ficas às moscas. Lotamos também o Aldo Dapuzzo. Estivemos entre as dez maiores médias de público entre todos os estaduais no país e fomos o clube de interior que mais levou torcedores às arquibancadas em todo o país.

Resuma tudo isso citado acima e tente ficar triste pela derrota de hoje pro Inter. Consegues? Óbvio que não. Temos é muito orgulho desse time e desse clube. Vamos agradecer eternamente ao Rogério Zimmermann e seus jogadores por tudo que eles vêm fazendo pelo nosso querido Grêmio Esportivo Brasil. E agora vem o Campeonato Brasileiro da Série C. No mínimo teremos 18 jogos até o final do ano, buscando o acesso à Série B. Aí sim, subindo para uma Série B o clube muda de patamar. Se subiremos nós não sabemos, mas temos certeza que percorreremos esse país atrás desse clube. Isso é o que faz a torcida do Brasil viver, poder viajar e ver o Brasil jogar. Nada mais do que isso.

Que comece logo essa Série C. Vamos com tudo, Xavante!

VÍDEO

Melhores Momentos – RBS TV

ÁUDIOS
*capturados da Rádio Pelotense AM









Comentar

Nossos parceiros

?>