Gol do Leandrão! | Ivan H. Schuster

Foi ruim, muito ruim. Foi sofrível. Acho que foi das piores apresentações – o Xavante não joga, apresenta-se – que fizemos este ano. O time pareceu-me nervoso, desatento e lento, muito lento. O início, então, foi horroroso. Quase precisei de atendimento cardíaco. De cada cinco passes, errávamos seis. Apatia total. O próprio gol do Guarani/SP, o primeiro, foi decorrente de uma série de atrapalhadas e falhas na marcação e de posicionamento.

Acho que o RZ poderia fazer um ensaio especial esta semana. Só de passes. Deixar os jogadores passando a bola um para o outro uma tarde inteira. Até dar cãibra no dedão. Passes de curta, média e longa distância. Depois para encerrar, deixá-los chutando bola no paredão por uns 30minutos. Sem errar. Quem errar, começa novamente.

Depois que sofremos o primeiro gol conseguimos nos organizar um pouco melhor, mas mesmo assim muito longe da performance com que costumamos nos apresentar. Tivemos apenas 10 minutos, se tanto, de lucidez no início do segundo tempo. Só não aconteceu um desastre total, porque o time do Guarani chora de ruim. Quem diria que um clube que já foi Campeão Brasileiro, que já teve craques como Careca defendendo as suas cores, iria estar nesta situação. Acho que só não são piores que o time dos polenta. Aposto no Guarani, no próximo sábado. A conferir.

Mas é da vida. Não há o que reclamar. Estamos em primeiro lugar. O time retranqueiro do Rogério Zimmermann tem o melhor ataque e o goleador da competição. E tem gente que dá bola para os comentaristas da nossa imprensa esportiva. Vai ver que é tudo obra do acaso.

É ganharmos do Tupi no domingo e terminaremos o primeiro turno desta fase na liderança isolada. Só depende de nós. Não tenho medo do Tupi. Assisti a partida deles contra o Londrina e os achei bem fraquinhos. É fazermos o que sabemos, sem invencionisse, caprichando no passe, que dá para ganharmos sem muito sofrimento. Já assisti a todos os times da nossa chave e acho que GEB e Londrina, nesta ordem, estão bem acima dos demais. Pena que em futebol lógica e favoritismo não são fator de certeza.

E o Leandrão? Dizer o que do cara? Matador, justiceiro, cruel, terror. Podem colocar o adjetivo que quiserem. Enquanto você ri do momento do Lobão, é mais um gol do Leandrão. O homem está terrível, no bom sentido. O Nena vinha fazendo um bom campeonato. Jogando bem mesmo. Mas como deixar de fora um cara que está em um momento como este que o Leandrão está vivendo? Sabem o que é isto? Equipe qualificada. Não temos apenas onze, mas um grupo. Qualquer um que entrar, corre o risco de não sair mais. Que momento!

E vamos falar sério. É bom ver o futebol Gaúcho dominando o Campeonato Brasileiro de ponta a ponta. Os polenta na ponta de baixo e nós na ponta de cima. Chora polenteiro …

Abs.









Nossos parceiros

?>