Líder, mas sem a invencibilidade

Líder, mas sem a invencibilidade

Guaratinguetá lanterna do campeonato, sem nenhuma vitória e jogando em Curitiba. Estava tudo perfeito para mais uma vitória do único time invicto no país, mas não rolou. O Brasil perdeu a sua primeira partida no Campeonato Brasileiro da Série C.

A partida foi ruim, muito ruim. O Guaratinguetá abriu o placar aos 15 minutos do primeiro tempo em um lance “sem querer”. Léo Pereira chutou de fora da área e a bola desviou no atacante Giovanny e entrou. A bola iria para fora, mas o desvio matou Eduardo Martini e a bola balançou a rede Xavante. Cinco minutos depois Diogo Oliveira recebeu na entrada da área e soltou um foguete. A bola foi rasante e certeira, sem chances para o goleiro paulista. Um golaço. Depois do gol de empate o Brasil criou outras boas situações de gol, mas não conseguiu marcar. O Guaratinguetá chegou apenas mais uma vez no primeiro tempo e foi certeiro. Juninho foi lançado na área e deu um corte em Fernando Cardozo, ficando cara a cara com Eduardo Martini. O atacante paulista apenas deslocou o goleiro Xavante e colocou no canto. O Brasil ainda acertou uma bola na trave aos 46 minutos com Márcio Jonatan.

Na segunda etapa o jogo caiu de produção, talvez até pelo forte calor do meio-dia em Curitiba. Diogo Oliveira quase marcou de falta mas o goleiro paulista voou para pegar a bola que iria na gaveta. O Guaratinguetá só não marcou o seu terceiro gol porque Eduardo Martini fez um milagre. Em bola cruzada no segundo pau, Guilherme cabeceou pro meio da área e Juninho ia fazendo o gol, mas Eduardo Martini voou e tirou em cima da linha. Um milagre. Cleiton foi lançada na área, driblou o goleiro e caiu. O árbitro olhou pro bandeira, o bandeira olhou pro árbitro e ninguém marcou nada. Rogério Zimmermann tirou Márcio Jonatan e colocou Gustavo Papa para tentar o empate no jogo aéreo. Mas com poucos minutos em campo o centroavante Xavante foi expulso. O árbitro entendeu que Papa acertou o adversário em uma bola disputada pelo alto. Ninguém no estádio conseguiu entender a expulsão. O Guará seguiu na retranca e o Brasil desordenado tentava o empate que não veio. Foi-se a invencibilidade, mas seguimos na liderança.

Foi o jogo em que tudo deu errado. O time não conseguiu manter o mesmo nível de jogo de todo o campeonato. Leandrão praticamente não concluiu ao gol, o que ainda não havia acontecido com o camisa 9. Rogério Zimmermann estava alucinado com os erros do time à beira do campo. Mas isso é normal. A derrota um momento ou outro viria. Menos mal que foi para o lanterna da competição, sem darmos pontos a um time do alto da tabela. O momento é tão maduro que nem mesmo a torcida do Brasil ficou abalada com a derrota. A confiança segue muito grande nesse time.

E como sempre, há de se destacar a grande presença da torcida Xavante em Curitiba. Cerca de 250 torcedores estiveram presentes na partida. XAPAR e XASC ainda fizeram um grande churrasco no Parque Barigui após a partida.

Mesmo com a derrota o Brasil segue na liderança do grupo B, agora com o Tupi na cola com o mesmo número de pontos, 23. Londrina venceu o Juventude em Caxias por 3 a 1 e subiu para o terceiro lugar. Amanhã Portuguesa e Madureira fecham a rodada.

Agora o Brasil enfrenta o novo lanterna da competição, o Caxias, no estádio Bento Freitas no próximo domingo. O jogo será às 19 horas e será transmitido pela TV Brasil.

FICHA TÉCNICA

Guaratinguetá: Alexandre Cajuru; Jean Felipe, Rafael Zuchi, Ruan Renato e Marcão; Léo Pereira, Giovanny (Felipinho), João Pedro e Juninho (André Luis); Jonatan Lucca e Guilherme (Caique). Técnico: Sérgio Vieira.
G.E.Brasil: Eduardo Martini; Wender, Leandro Camilo, Fernando Cardozo e Xaro; Leandro Leite (Galiardo), Washington, Cleiton (Felipe Garcia) e Diogo Oliveira; Márcio Jonatan (Gustavo Papa) e Leandrão. Técnico: Rogério Zimmermann.
Data: 15/08/2015.
Horário: 11 horas.
Local: Estádio Janguito Malucelli em Curitiba-PR.
Arbitragem: Bruno Rezende Silva, auxiliado por Alex dos Santos e Diego Grubba Schitkovski.
Cartões amarelos: Jean Felipe (Guaratinguetá); Leandro Leite, Washington e Márcio Jonatan (Brasil).
Cartão vermelho: João Pedro (Guaratinguetá); Gustavo Papa (Brasil).
Gols: Giovanny e Juninho (Guaratinguetá); Diogo Oliveira (Brasil).

VÍDEOs

Lances da partida – Blog Xavante

Compacto gebTV









Nossos parceiros

?>