Brasil empata com o Paysandu e crava os dois pés no G-4

Brasil empata com o Paysandu e crava os dois pés no G-4

Jogando no estádio do Mangueirão, em Belém do Pará, o Xavante empatou em 1 a 1 com o Paysandu e se mantém no G-4 da Série B. Os gols da partida foram marcados por Weldinho para o Brasil e Tiago Luís para o Paysandu.

O JOGO

O Paysandu começou o jogo sabendo que precisaria da vitória. A situação do time paraense não é nada boa no campeonato. Então desde o primeiro minuto de jogo o time da casa foi para cima, com um grande volume de jogo. Mas antes mesmo de chegar com perigo ao gol de Eduardo Martini, o Brasil abriu o placar aos 4 minutos de jogo. Em jogada pela direita, Felipe Garcia deu belo passe para Weldinho que invadiu a área em velocidade e na tentativa de cruzar a bola para Elias marcar, a bola pegou na perna direita do goleiro Emerson e entrou. O primeiro gol com a camisa Xavante foi muito comemorado pelo lateral-direito rubro-negro. Com o gol sofrido, a situação do time paraense ficou ainda mais tensa. Mas o Paysandu foi para cima do Brasil. De um cruzamento da esquerda, Leandro Cearense pegou de primeira e obrigou Eduardo Martini a fazer uma grande defesa. Mas logo em seguida, aos 15 minutos, o Paysandu empatou a partida. Lucas recebeu passe dentro da área e rolou para Tiago Luís, que pegou de primeira e mandou a bola no ângulo, sem chances para Eduardo Martini. Um belo gol.

Após o gol de empate, o Paysandu seguiu tentando pressionar o Brasil, que saia muito bem no contra ataque. Em um desses contra ataques, Ramon recebeu pela direita e da entrada da área soltou um foguete, por cima do gol. Diogo Oliveira, que entrava sozinho dentro da área, reclamou com o camisa 11 do Brasil. As duas melhores chances de gol na primeira etapa foram em lance que Paysandu mancou uma bola no travessão, em cobrança de escanteio e com Washington, que chutou para fora em boa jogada de Marlon pela esquerda.

A segunda etapa começou em ritmo mais lento que a primeira. Mas logo no início, Weldinho salvou uma cabeça do zagueiro Gilvan em cima da linha. Mailson recebeu dentro da área e bateu forte após giro em cima de Cirilo, mas a bola foi para fora. O Brasil seguia firme na defesa e saindo nos contra ataques, nessa segunda etapa com menor eficiência do que na primeira. Em um dos contra ataques, Diogo Oliveira lançou Nathan, que havia entrado no lugar de Elias. Nathan entrou na área, aos trancos e barrancos, e finalizou para fora. O Paysandu seguia tentando uma pressão mas a defesa Xavante não dava mole pro ataque do Papão. E no final da partida a grande chance de gol foi do Brasil. O volante Marcão, que havia entrado no lugar de Ramon, recebeu belo passe de Diogo Oliveira pelo lado direito e chutou cruzado e a bola passou raspando a trave do goleiro Emerson. Seria o gol da vitória.

Com o empate o Brasil chegou aos 40 pontos e se firmou de vez no G-4, garantindo a terceira colocação ao final da rodada. A próxima partida será contra o Luverdense na próxima terça-feira, 13/09, às 21:30h.

ANÁLISE DA PARTIDA

O Brasil vem embalado nessa Série B. Dos últimos quatro jogos fora de casa o Brasil venceu três e empatou um. Um ótimo retrospecto. E fez o seu jogo de sempre ontem em Belém. Com uma grande consistência defensiva, o Brasil soube segurar o Paysandu que vinha desesperado pro jogo. O que não encaixou tão bem como na últimas partidas, foi o contra ataque, principalmente no segundo tempo. Talvez por isso a vitória não veio.

Mas realizamos um bom jogo. Como diz o professor Rogério Zimmermann, é ponto conquistado. Eduardo Martini mais uma vez foi uma muralha. Que fase anda o nosso goleirão. Dá muita segurança pro time. Weldinho cada vez se soltando mais, com uma facilidade tremenda para chegar ao fundo do campo. Diogo Oliveira e Felipe Garcia foram pouco acionados na partida. O nosso camisa 10 foi mais ativo do que Felipe. Mas receberam poucas bolas.

A dupla de zaga foi muito bem. Cirilo ganhou quase todas por cima e Leandro Camilo está em grande fase. Camilo jogou todos os jogos na Série B e vem sendo o jogador com melhor regularidade nos jogos, ao lado de Eduardo Martini.

A rodada terminou e alguns resultados nos ajudaram, onde nossos adversários que estão fora do G-4 não conseguiram vencer. Com a derrota do CRB e a vitória do Atlético-GO, terminamos a rodada na terceira colocação, dois pontos a frente do CRB e do Ceará. Agora vamos à Lucas do Rio Verde para um jogo encardido com o Luverdense. Jogar lá não é fácil. Mas estamos com o time muito bem encaixado e podemos sim sair de lá com uma vitória. Temos que pensar sempre jogo a jogo. O nosso primeiro objetivo está muito próximo, que é chegar aos 45 pontos. Como diz o outro, “pezinho no chão”.

Foto: Jonathan Silva

FICHA TÉCNICA

G.E.Brasil: Eduardo Martini, Weldinho, Cirilo, Leandro Camilo, Marlon (Brock), Leandro Leite, Washington, Diogo Oliveira, Elias (Nathan), Felipe Garcia e Ramon (Marcão). Técnico Rogério Zimmermann.
Paysandu: Emerson, Roniery, Fernando Lombardi, Gilvan, João Lucas, Ilailson, Augusto Recife, Lucas (Rafael Costa), Tiago Luís (Robert), Mailson (Bruno Veiga) e Leandro Cearense. Técnico Dado Cavalcanti.
Local: Estádio Mangueirão, em Belém-PA.
Horário: 21:30h.
Gols: Weldinho aos 4′ do 1º tempo (GEB), Tiago Luís aos 15′ do 1º tempo (PAY).
Cartão amarelo: Bruno Veiga (PAY).

ÁUDIOS

*capturados da Rádio Pelotense AM

VÍDEOS

Os gols da partida – Imagens TV Globo









Comentar

Nossos parceiros

?>