Náutico 2×0 G.E.Brasil

Náutico 2×0 G.E.Brasil

O JOGO

Com um jogador a menos, Brasil luta, mas é derrotado pelo Náutico em Pernambuco

Não foi um resultado agradável para o Brasil na partida contra o Náutico, na noite desta sexta (7). Jogando na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, o time do técnico Rogério Zimmermann perdeu por 2 a 0. A equipe gaúcha jogou todo o segundo tempo com um jogador a menos, depois da expulsão de Washington, no final da etapa inicial. O resultado fez com o que Brasil continue com 45 pontos, na sétima posição da Série B do Brasileiro. Agora, a equipe irá até Salvador, onde na próxima sexta (14), às 21h30, enfrentará o Bahia na Arena Fonte Nova.

O primeiro tempo da partida foi de poucas chances de gol e muita discussão no final da etapa. O Brasil buscava abrir o placar e Washington, aos 19, quando tentou chute fora da área, mas a bola saiu sem perigo. Aos 30, foi a vez de Ramon tentar e parar na zaga do Náutico. Três minutos depois, Diogo Oliveira tentou passe para Ramon, a zaga cortou e a bola sobrou para Washington, de longe, chutar e Julio Cesar fazer boa defesa.

Weldinho, aos 36, fez boa jogada e tocou para Elias arriscar de fora da área. Desta vez, a bola passou pelo lado esquerdo do gol de Julio Cesar. Aos 40, um lance que gerou polêmica. Washington disputou bola no alto com Marco Antônio. O jogador do Náutico caiu no chão e o atleta rubro-negro acabou se chocando com o atleta do Timbu. No primeiro momento, o árbitro da partida deu cartão amarelo para o camisa 8 Xavante, mas os atletas pernambucanos pressionaram o auxiliar que orientou e Edmar da Conceição expulsou Washington. No lance seguinte, Marco Antonio encontrou Bergson na área do Brasil, o atacante dominou e tocou na saída de Eduardo Martini, decretando o 1 a 0 para os donos da casa na etapa inicial.

A etapa final reservou um Brasil aguerrido e lutador. Logo aos 2 minutos, Weldinho chutou de fora da área e ganhou escanteio. Aos 18, Weldinho cruzou, Elias dominou, ajeitou de letra e viu Felipe Garcia mandar uma bomba rasteira e Julio Cesar fazer um verdadeiro milagre para evitar o gol de empate.

Com um a menos, o Brasil lutava, fechava os espaços e tentava o empate, mas aos 37, em contra-ataque, Rony cruzou para a área, a bola desviou e entrou no gol de Martini. Era o segundo gol do Náutico. O Brasil ainda tentou descontar, aos 43, quando Marcão chutou de fora da área, e as 47, depois de Weldinho cobrar falta para a área e Cirilo cabecear para defesa de Julio Cesar.

O Brasil agora irá encarar o Bahia, na próxima sexta (14), às 21h30, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Ficha técnica

Brasil: Eduardo Martini, Weldinho, Cirilo, Leandro Camilo, Brock, Leandro Leite, Washington, Felipe Garcia, Diogo Oliveira (Marcão), Elias (Nathan) e Ramon (Jonatas Belusso). Técnico: Rogério Zimmermann.

Náutico: Julio Cesar, Joazi, Rafael Pereira, Igor Rabello, Gaston, Negretti, Rodrigo Souza (Renan Oliveira), Marco Antônio (Eurico), Vinicius, Rony e Bergson (Yuri Mamute). Técnico: Givanildo de Oliveira.

Cartões Amarelos: Felipe Garcia, Elias (B); Bergson, Gaston (N).

Cartão Vermelho: Washington (B).

Gols: Bergson aos 45min1T e Rony aos 37min2T (N).

FOTOS: Carlos Insaurriaga / GEB

TEXTO: Jonathan Silva

Áudios

Fornecidos pela Rádio Pelotense AM 620 kHz  

Melhores momentos no Sportv / PFC



Tabela de Classificação

Carregando…

Série B

 

Próximos Jogos

Carregando…

Série B









Comentar

Nossos parceiros

?>