A vitória do merecimento

A vitória do merecimento

A semana foi intensa no Bento Freitas, dentro e fora de campo. Fora de campo, todo o sufoco para se conseguir a liberação da nova arquibancada para esse sábado, contra o Vasco. E no campo, um jogo tenso era muito esperado contra o time carioca. A arquibancada foi liberada aos 49 do segundo tempo e o Brasil venceu com o Vasco por 2 a 1. Uma semana repleta de alegrias.

A tarde desse sábado foi digna da vida de todo torcedor Xavante. Desde o início da manhã as ruas do entorno da Baixada jpa recebiam os torcedores organizando as suas churrasqueiras e iniciando os trabalhos. Jogo do Brasil vai muito além de 90 minutos de 22 marmanjos correndo atrás de uma bola, é meio que um ritual. Churrasco e samba rolando nas esquinas até a hora do jogo. E a expectativa por parte da torcida era enorme, não pela arquibancada nova ou busca pelo G-4, mas queria muito a vitória para coroar a grande campanha feita até agora nessa Série B. E para isso, nada melhor do que vencer o grande Vasco da Gama.

A partida já começou com pressão do Brasil. Logo aos 15 segundos de jogo, Diogo Oliveira chutou de fora da área e Martin Silva teve que fazer grande defesa e mandar pra escanteio. Na cobrança do escanteio, Washington cabeceou no primeiro pau e Martin Silva fez outra grande defesa. Com um minueto de jogo o Brasil já tinha criado duas chances claras de gol. O Vasco pouco ameaçou o gol de Eduardo Martini durante todo o primeiro tempo, já o Brasil tentava com arremates de fora da área. E em um desses, Diogo Oliveira fez jogada individuas e bateu de perna esquerda, de fora da área, e mandou a bola no ângulo. Um golaço.

Na segunda etapa foi o Vasco que pressionou nos primeiros minutos e logo aos três marcou o gol de empate. Em jogada pela esquerda, Nenê entrou na área, ameaçou chutar ao gol e pifou Douglas que, sozinho, chutou de primeira pro gol. Após o gol, o time carioca seguiu pressionando mas diminuiu as chegadas ao gol de Eduardo Martini. Então o Brasil conseguiu equilibrar a partida após os 20 minutos da segunda etapa. Já com os times desgastados com o forte calor que fez hoje em Pelotas, o ritmo diminuiu bastante. Rogério Zimmermann começou a fazer as substituições e uma deles deu efeito. Marcos Paraná entrou no lugar de Diogo Oliveira e marcou o gol da vitória Xavante. Aos 41 minutos Ramon deu belo passe para Marcos Paraná dentro da área e o meia Xavante, com pouco ângulo, enfiou o pé na bola e encobriu Martin Silva. Um belo gol. Após o gol, o Vasco pouco ameaçou e o Brasil controlou a grande vitória.

Com a vitória, o Xavante chegou aos 49 pontos e assumiu a décima posição. A próxima partida será contra o Vila Nova em Goiânia, na próxima terça-feira.

A vitória veio a coroar tudo o que esses jogadores fizeram pelo Brasil nessa Série B. Mesmo com a queda de rendimento nas últimas partidas, eles jamais deixaram de lutar pelos resultados. E hoje não foi diferente. Durante todos os 90 minutos, cada dividida era encarada como a última do campeonato. Não aliviamos para eles. Nenê e Jorge Henrique cheios de manhas, reclamando de tudo, assistiram Marlon e Leandro Leite cagando eles a grito. Aqui não, seus malas. Foi um jogo perfeito aos olhos da torcida. Começou cedo, passou pelo churrasco regado à geladas, teve arquibancada nova, golaços e vitória em cima do clube mais rico da Série B e com direito a gol no finalzinho.

Que tarde, meus amigos. Que momento nós vivemos. Ao Brasil, somente temos à agradecer, nada a mais.

FICHA TÉCNICA

G.E.Brasil: Eduardo Martini; Weldinho, Cirilo, Leandro Camilo e Marlon; Leandro Leite, Washington, Felipe Garcia, Diogo Oliveira (Marcos Paraná) e Jonatas Belusso (Nem); Ramon (Gustavo Papa). Técnico: Rogério Zimmermann.
Vasco: Martin Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Júlio César; Douglas, William (Bruno Gallo), Andrezinho, Nenê e Jorge Henrique (Thales); Ederson (Júnior Dutra). Técnico: Jorginho.
Local: Estádio Bento Freitas, Pelotas-RS.
Horário: 16:30h.
Cartões amarelos: Leandro Camilo, Washington e Xaro (GEB); Douglas e Madson (VAS).
Gols: Diogo Oliveira aos 27′ 1º tempo (GEB) e Marcos Paraná aos 42′ 2º tempo; Douglas aos 3′ 2º tempo (VAS).

ÁUDIOS

*capturados da Rádio Pelotense AM

VÍDEOS

Compacto Blog Xavante

Melhores Momentos – Imagens Premiere FC









Comentar

Nossos parceiros

?>