Em partida chave, Brasil vence o São Paulo-RG na Baixada

Em partida chave, Brasil vence o São Paulo-RG na Baixada

Na tarde desse domingo, no estádio Bento Freitas, Brasil vence o freguês São Paulo-RG por 2 a 0 e alcança a sexta colocação no Gauchão 2017.

O JOGO

A partida era de suma importância para os dois times. Quem perdesse ficaria ali namorando a zona de rebaixamento. O Brasil começou o jogo em cima do São Paulo e com poucos segundos de jogo já chegava com perigo com Marlon. Aos 11 minutos Marcinho recebeu passse de Wender pela direita e tirou o lateral Alisson para dançar. O camisa 7 Xavante pedalou na frente o lateral e invadiu a área onde foi derrubado. Pênalti. Gustavo Papa, especialista em cobranças de pênalti, chutou na trave. Mas na sobra, fora da área, Marcinho pegou o rebote e bateu de perna esquerda, no canto do goleiro Rafael Roballo. Em cobrança de falta de Marlon, Roballo fez bela defesa e colocou para escanteio. E Marcinho que vinha infernizando a defesa adversária, recebeu uma entrada violenta e o árbitro Roger Goulart sequer marcou falta. Marcinho não aguentou continuar na partida e teve que ser substituído por Jean Silva. E foi Jean Silva que teve outra grande chance no final do primeiro tempo. O atacante recebeu passe de Lenilson e bateu para grande defesa de Roballo.

Na segunda etapa, como de costume do time de Rogério Zimmermann, o Brasil voltou mais fechado e jogando nos contra ataques. O São Paulo tinha mais posse de bola mas não sabia o que fazer com a mesma. Nas vezes que chegaram, Chico e Leomir não tiveram a competência para marcar. O Brasil chegou bem com Lenilson, que chapelou o adversário e na hora de arrematar para o gol, tentou um passe no meio da área e a zaga cortou. Rennan Oliveira, que havia entrado no lugar de Lenílson, arriscou duas vezes de fora da área com perigo. Já aos 41 minutos, quando o Brasil cozinhava o jogo para somar os três pontos, Nem cobrou escanteio e Leandro Camilo deu um tijolaço de cabeça para fechar o caixão riograndino.

Com a vitória o Brasil chegou aos sete pontos e assumiu a sexta colocação. A próxima partida do Brasil será contra o Grêmio, no Bento Freitas, somente daqui há 10 dias, em 15 de março. Será bom esse tempo para tentar recuperar Aloísio, que está machucado, e Marcinho e Rennan Oliveira que saíram machucados da partida de hoje.

BOLA DENTRO

Marcinho, apesar de ter ficado pouco tempo em campo, foi o bola dentro da partida. Fez linda jogada e sofreu o pênalti e ainda marcou o gol que abriu os caminhos para a vitória. Foi caçado em campo e sofreu falta violenta que o tirou da partida. Ficamos na torcida para que não tenha sido nada grave.

BOLA FORA

O árbitro Roger Goulart não foi mal na partida, mas a falta sofrida por Marcinho foi um escândalo. O camisa 7 Xavante tomou uma porrada na canela e o árbitro sequer marcou falta. E o pior, seria o segundo cartão amarelo do jogador do São Paulo e poderia ali ter tornado as coisas mais fáceis pro Brasil. Errou feio, seu juizão.

FICHA TÉCNICA

G.E.Brasil: Eduardo Martini; Wender, Cirilo, Leandro Camilo e Marlon; Leandro Leite, João Afonso, Lenílson (Rennan Oliveira) e Nem; Marcinho (Jean Silva) e Gustavo Papa (Rodrigo Silva). Técnico: Rogério Zimmermann.
São Paulo-RG: Rafael Roballo; Afonso, Lacerda, Cleylton e Alisson Gaúcho; Dema, Fidélis (Welder), Luanderson (Leomir) e Cleiton; Cleverson (Chico) e Leandro Rodrigues. Técnico: Gilson Maciel.
Gols: Marcinho aos 14′ do 1º tempo e Leandro Camilo aos 41′ do 2º tempo.
Cartões amarelos: João Afonso e Wender (GEB); Cleylton, Dema e Leandro Rodrigues (SÃO).
Cartão vermelho: Leandro Leite (GEB).

ÁUDIOS

*capturados da Rádio Pelotense AM

VÍDEOS

Os gols – Blog Xavante

Os gols da partida – Imagens RBS TV









Comentar

Nossos parceiros

?>