400 vezes Rogério Zimmermann

400 vezes Rogério Zimmermann
Por Marcelo Barboza

A transformação que o G.E.Brasil sofreu de 2013 para cá é algo extraordinário, que já está marcado na história do clube. E um dos grandes responsáveis por essa ascensão é o treinador Rogério Zimmermann. Na noite dessa terça-feira, quando o Brasil enfrentará a equipe do Luvendense fora de casa, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, será a partida de número 400 de Rogério Zimmermann comandando o G.E.Brasil.

Além dos 400 jogos à frente do Brasil, Rogério fará a sua partida de número 100 em competições nacionais hoje à noite. Competições nacionais englobam Campeonatos Brasileiros Séries B, C e D, Copa do Brasil e Copa da Primeira Liga.

Durante a Série B desse ano, Rogério poderá atingir outras marcas expressivas, como a de 100 jogos em Campeonatos Brasileiros. Com 271 jogos consecutivos comandando o Brasil, Rogério poderá chegar aos 300 jogos. Um recorde absoluto na história do clube. Ele já ultrapassou Osvaldo Barbosa, o Capitão Galdino, que treinou o clube 185 partidas consecutivas.

Rogério também é o treinador com maior longevidade na história do clube. Há pouco mais de 5 anos no clube, Rogério deixou para trás um dos maiores ícones da história do Brasil, Paulo de Souza Lobo, o Galego, que comandou o clube de 05.04.1953 à 28.12.1955, disputando 120 jogos, e de 23.09.1962 à 10.07.1966 com 173 jogos. Além de Osvaldo Barbosa, que dirigiu o clube no período de 26.02.1967 à 01.08.1971 em 185 oportunidades.

Quando se fala em números de jogos, Rogério é o segundo na história. Galego é o primeiro com 468 jogos, Rogério o segundo com 399 e Osvaldo Barbosa o terceiro com 326.

Nas duas passagens pelo clube, Rogério coleciona ótimos resultados. Nas 399 partidas disputadas, o treinador Xavante levou o time à 185 vitórias, 128 empates e 86 derrotas. Esse retrospecto leva Rogério a um aproveitamento de 57% dos pontos disputados.

Além de campeão da Divisão de Acesso em 2004 e 2013, Rogério ainda foi campeão do Interior em 2014 e 2015, campeão Citadino em 2004, vice-campeão das Copas Emídio Perondi em 2005 e Hélio Dourado em 2012 e levou o Brasil ao acesso para o Campeonato Brasileiro da Série C em 2014, sendo vice-campeão do campeonato, e acesso à Série B em 2015.

A partida de número 1 de Rogério à frente do Brasil foi no dia 31 de janeiro de 2004. Na oportunidade o Brasil enfrentou a Ulbra em Canoas, em amistoso preparatório para a temporada de 2004. O Brasil venceu por 3 a 2, gols de Joel, Marquinhos e Claudio Milar. Jogando na Baixada, o seu primeiro jogo foi no dia 11 de março de 2004, em partida amistosa contra o Lami. O Brasil venceu por 4 a 2 com dois gols de Claudio Milar, Joel e Careca. Na sua segunda passagem pelo clube, de 2012 até hoje, a sua primeira partida foi na derrota de 2 a 1 para o Passo Fundo, pela Divisão de Acesso de 2012.

Em 2004 Rogério conseguiu a incrível marca de 26 jogos invictos, começando no amistoso contra a Ulbra em 03 de janeiro de 2004 e terminando em 30 de maio de 2004 contra o 20 de Setembro.

Sem sombra de dúvidas, Rogério Zimmermann já é um dos maiores treinadores da história do Grêmio Esportivo Brasil. E a cada jogo que passa ele vai quebrando recordes e levando o Brasil a patamares poucas vezes sonhado.

Fica aqui o registro dessas marcas sensacionais e o nosso muito obrigado por tudo o que você fez pelo nosso Brasil, professor.

Todos esses dados são do pesquisador Izan Muller, o maior estudioso da história do G.E.Brasil e nosso grande parceiro.









Comentar

Nossos parceiros

?>