G.E.Brasil 1×0 E.C.Pelotas

Paternidade confirmada. Xavante vence mais um Bra-Pel e fecha mais um ano sem perder clássicos.

Marcos Paraná marca um golaço e corre pros braços da Torcida Xavante. Foto: Italo Santos

Marcos Paraná fez a alegria da torcida Xavante na tarde desse domingo no Estádio Bento Freitas e decretou mais uma vitória Xavante frente ao co-irmão E.C.Pelotas com um golaço de fora da área. Depois de ter deixado a vitória escapar na Boca do Lobo no mês passado, dessa vez o Xavante soube usar seu melhor futebol e bateu o Pelotinhas na Baixada. Foi um jogo ruim e feio, principalmente na primeira etapa. Depois da entrada de Marcos Paraná na segunda etapa, o Xavante encontrou o caminho e criou várias oportunidades de gol. Uma pena o Zimmermann ter começado o jogo com quatro volantes. Contra time ruim, tem que ir para cima, se leva dois, vai lá e faz cinco. O Brasil não goleou o Pelotas porque não quis. Não forçou o jogo. O time da avenida chora de ruim. Coitados. São a cara do treinador deles.

E quanto a torcida, é assunto encerrado e sem discussão em Pelotas. A cada clássico que passa fica mais exposta a diferença entre as torcidas. Mais uma vez a torcida da avenida não lotou seu espaço. Eles são cheios dos ensaios musicais, falam que cantam os noventa minutos, usam sombrinhas, batem nos diretoeres e muito blá blá blá. Mas não aparecem no estádio. Do que adianta? Eles dizem que a torcida do Brasil é torcida de escanteio. Mas pouco eles sabem sobre isso. Para mim quem tem que cantar 90 minutos é cantor de ópera. Quem faz ensaio é coral de igreja. Torcida de futebol tem que passar emoção da arquibancada para o campo. E isso se faz é com o gogó, com raiva, com gana, e não com musiquinhas do tipo “teu ônibus capotou”, onde ninguém no estádio escuta nada pois é tudo ensaiado e sem emoção. Chega de comparar torcidas, ok turma da Xuxa? Vão dormir com esse barulho e mais um ano sem vencer um clássico.


FICHA TÉCNICA

G.E.Brasil: Luiz Muller; Éder Silva, Jonas, Fabiano Eller e Edu Silva (Cirilo); Leandro Leite, Washington, Moisés e Wender (Marcos Paraná); Matão (Marcos Denner) e Márcio Jonathan. Técnico: Rogério Zimmermann
E.C.Pelotas: Bruno Hepp; Igor, Eliézio, Bruno Salvador e Carlinhos; Willian Paulista, Tiago Renz, Tiago Gaúcho (Nconco) e Cleiton (Diego Miranda); Clodoaldo e Filipinho (Aylton Alemão). Técnico: Beto Almeida.
Arbitragem
: Daniel Nobre Bins, auxiliado por Tatiana Jaques Freitas e Lerison Peng Martins.
Gol: Marcos Paraná (23′ – 2º tempo).
Cartões Amarelos: Luiz Muller, Washington, Moisés, Marcos Paraná (GEB) e Igor, Bruno Salvador, Willian Paulista e Tiago Renz (ECP).
Cartão Vermelho: Willian Paulista (ECP).


FOTOS

55 fotos capturadas da internet

VÍDEOS

Compacto Blog Xavante

O gol de Marcos Paraná – Site Rede Esportiva

Recepção aos jogadores antes da partida


ÁUDIOS

Capturados da Rádio Pelotense AM









Nossos parceiros

?>