É CAMPEÃÃÃOOO!

Xavante vence o São Paulo-RG mais uma vez e é campeão da Série A-2 2013

vs_saopaulo008

O capitão Leandro Leite ergue a taça de campeão. Foto: Carlos Queiroz

É CAMPEÃÃÃOOOO! É CAMPEÃÃÃOOOO! É CAMPEÃÃÃOOOO! É CAMPEÃÃÃOOOO!

Tava engasgado. Quatro anos de muito sofrimento e dúvidas. Será que um dia gritaríamos campeão novamente? Será que um dia deixaríamos de lado os péssimos gramados, estádios amadores, arbitragens bisonhas e toda essa várzea? O dia chegou, dias atrás depois do jogo em Santo Ângelo. Mas faltava algo. Faltava mostrar que aquela final do primeiro turno foi injusta. Veio o primeiro jogo da final do campeonato e o baile foi dado. Na noite desse sábado no estádio Bento Freitas foi o dia de gritar campeão e fazer uma retrospectiva de tudo o que passamos nos últimos quatro anos. Há muito tempo a torcida Xavante não tinha uma confiança e convicção de vitória em um elenco. Chegou a ser “sem graça” as finais do segundo turno e a final do campeonato. Estávamos acostumados a ser sofrido, ou pior, ficarmos no quase. A noite de 20 de julho de 2013 entrou para história do Grêmio Esportivo Brasil como a noite da recuperação do orgulho Xavante. Orgulho esse que jamais foi perdido, estava apenas ferido.

O gol de Rafael Forster aos 33 minutos do segundo tempo de penalti teve um gostinho de vingança. O goleiro Luciano do São Paulo se apequenou mais ainda (se é que é possível) diante do mar vermelho e preto atrás dele e da potente canhota de Forster. O gol ficou grande. A bola entrou e o goleiro ficou calado. Bem quietinho.

Foi só o árbitro apitar o final da partida que a torcida Xavante invadiu o gramado para comemorar. A frase tão falada: “Somos uma torcida que temos um clube de futebol” foi materializada. A torcida dentro do campo e os jogadores na arquibancada para receber a taça de campeão. E foi uma entrega no padrão Fifa, em frente aos camarotes. Puro luxo.

E agora, como serão nossos finais de semana sem um jogo do Xavante? Não se preocupe. No início de agosto já começa a Copinha com vagas para Copa do Brasil e Série D do Campeonato Brasileiro. Afinal, o Brasil é um clube de futebol e clube de futebol tem que estar dentro de campo atuando e não de férias. O planejamento da direção Xavante parece coerente. Primeiro vai renovar os contratos de jogadores que estão por vencer e depois buscar reforços já para a Copinha e Gauchão 2014. Aliás, planejamento que foi coroado com o título. O Brasil sempre foi de contratar dois times novos por semestre e isso foi mais do que comprovado que não dava certo. Quando mantivemos a base de jogadores e comissão técnica mesmo depois de perder a Copinha do ano passado para o Juventude, viu-se que existia um planejamento. Meio torto, mas era um planejamento.

Novas perspectivas foram criadas. O nosso orgulho está reforçado e a confiança no clube foi restabelecida. Agora é trabalhar, trabalhar e trabalhar. No mais, deixem com a Torcida Xavante que o nosso papel nós faremos, sempre, em nome do Grêmio Esportivo Brasil.

FICHA TÉCNICA

G.E.Brasil: Luiz Muller; Wender, Cirilo, Fernando Cardozo e Rafael Forster; Leandro Leite, Washington, Cleiton (Canhoto) e Maicom Sapucaia (Willian Kozlowski); Alex Amado e Éder Machado (Gustavo Papa). Técnico: Rogério Zimmermann.
São Paulo-RG: Luciano; Caio Gomes, Carlão Farias, Wagner e Locatelli (Rodrigo Ramos); Émerson Dantas, Diego Borges, Fabiano Diniz (Michel) e Saraiva; Aylon (Diego Sapata) e Alê Menezes. Técnico: Rudi Machado.
Data: 20 de julho de 2013.
Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS).
Horário: 20h30.
Arbitragem: Francisco Silva Neto, auxiliado por Júlio Cesar dos Santos e Elio Nepomuceno de Andrade Jr.
Cartões Amarelos: Washington, Wender e Luiz Muller (G.E.Brasil); Locatelli, Alê Menezes, Wagner e Michel (São Paulo-RG).
Gol: Rafael Forster, aos 33 minutos do 2º tempo.

FOTOS


VÍDEOS

O gol da partida e o final da partida. Imagens da TVCOM e áudio da Rádio Pelotense AM.

Comemoração da torcida e jogadores (imagens capturadas de redes sociais).


ÁUDIOS

*capturados da Rádio Pelotense AM









Nossos parceiros

?>