Fizeram muito

Conseguimos voltar ao ponto em que nossa caminhada foi interrompida com o acidente em 2009. Só nós, Xavantes, sabemos quanto fui duro, o quanto sofremos e choramos. Foram anos de amargura e angústia. Estamos de volta, agora que nos aguentem.

 Estamos novamente em uma série de entrada no Campeonato Nacional e na primeira divisão do Campeonato Gaúcho. Adicionalmente conquistamos uma vaga para a Copa do Brasil, o título de Campeão do Interior e o terceiro lugar do Gauchão. No Gauchão ficamos atrás apenas da dupla gre-nal. E olha que a história poderia ter sido melhor se um apito que não foi assoprado, o tivesse sido. Não foi pouca coisa conquistada. Bem melhor do que títulos ilusórios, ouro de tolos, que alguns comemoram como conquistas épicas.

 Nada disto foi ou é pouco. Aliás, é muito. Ainda lembro da “nuvem” de desconfiança que pairava sobre o futuro do GEB nas mãos do Ricardo Fonseca, nome sem muita expressão e força à época da eleição. Hoje, só há elogios a fazer para este Xavante. Com tato de bom administrador e sorte de vencedor, foi derrubando barreiras, cercando-se de gente com qualidade e avançando devagar e sempre.

 O clube parece estar muito bem organizado e conta com o maior número de sócios da nossa história. Temos contrato com uma empresa de material esportivo (Dresch) que disponibiliza produtos de muito boa qualidade, em quantidade e disponíveis em lojas como Paquetá e Centauro, mesmo em Porto Alegre, além da Tribo Xavante (loja e quiosque), obviamente.

Com tato de bom administrador e sorte de vencedor, foi derrubando barreiras, cercando-se de gente com qualidade e avançando devagar e sempre.

 É sabido que por trás de toda esta boa campanha, e de muitas das ações feitas, está a figura do nosso treinador Rogério Zimmermann. Sinceramente, torço muito para que ele continue à frente do Esquadrão Rubro-negro, junto com o preparador físico João Francisco Berschoner, e que consigamos, ao menos, manter uma boa base do time atual. Atletas estes que se mostraram muito identificados com o pensamento do clube e da Torcida Xavante, constituindo-se em um grupo forte, unido e, por isto, vencedor.

 Mas tem mais gente que fez e já vem fazendo muito há algum tempo, e espero que continuem. Torcedores Xavante comuns, como cada um de nós, mas que se diferenciam por dedicarem uma porção significativa do seu tempo e até algum dinheiro à causa Xavante. Tempo e dinheiro estes, diga-se, que poderiam ser empregados em projetos pessoais.

 Pessoas como o Daniel Brahm e o Marcelo Barboza, que nos trazem há muitos anos neste Blog Xavante matérias e vídeos das apresentações do GEB. Chego a ficar ansioso para ouvir o “toma, toma, fdp, …” na narração das filmagens feitas pelo blog. Impagável.

 Falando em Daniel Brahm, lembrei-me do Fórum Xavante (http://www.forumxavante.com), cuja estrutura também é disponibilizada por ele. O Fórum Xavante, mais que um ambiente democrático virtual de debates, pode ser entendido, também, como sendo uma grande lavanderia Xavante para lavar toda roupa suja entre os nossos, ou um salão psiquiátrico para tratamento de angústias e paranóias rubro-negras ou, ainda, simplesmente um lugar para se manter atualizado sobre tudo o que envolve o GEB e a Torcida Xavante. Entenda e use como quiser, mas saiba que foi dali que saiu a Associação Cresce, Xavante!, hoje capitaneada pelo Tomás Recuero, o Toldo.

O Cresce, como é chamado, é composto por um grupo de Xavantes jovens, muito atuantes, que merecem todo o nosso respeito, admiração e agradecimento. Já deram provas de sua capacidade de mobilização, seriedade e competência à frente de muitas obras e projetos fundamentais para o GEB. Continuem apostando neles que não perderão.

Por fim, deixei por último de propósito, aqueles que, ao eu ver, se destacaram em 2013/2014 por sua ousadia, inovação e pela excelência do produto produzido e disponibilizado, a TV Xavante (http://www.tvxavante.com). Que maravilha! Felipe Fabião, Bruno Franz, Julio Sperling, Maciel Fischer, Rogério Peres, vocês são os caras. Vida longa à TV Xavante!

Provavelmente há muito mais gente que falta citar aqui. Alguns que esqueci, outros que não conheço ou não sei o que fazem ou fizeram. Torcedores Xavantes como os que aportam uma quantia financeira mais significativa para as categorias de base; os que ajuda na prospecção de patrocinadores; os Torcedores e grupos de Torcedores que organizam excursões para acompanhar o Esquadrão Xavante; os que vão nas excursões; a Garra Xavante; a Xavabanda; sei lá quem mais. Torcedores comuns, ou nem tanto, que participam de forma diferenciada, direta ou indiretamente, com o único intuito de participar do engrandecimento do GEB, de serem atores e não meros espectadores.

A todos vocês, acho que em nome de toda a Nação Xavante, muito obrigado. Fizeram muito!

Abs.


Ivan Schuster
Onda Xavante









Comentar

Nossos parceiros

?>