Uma vitória do tamanho do Brasil

Xavante atropela o Operário e avança às quartas de finais do campeonato brasileiro da Série D

vs_operario002

Washington abriu o caminho da goleada Xavante. Foto: Ítalo Santos

Uma noite para jamais ser esquecida. Que loucura. O G.E.Brasil patrolou o Operário-MT e está nas quartas de finais do Campeonato Brasileiro da Série D. Faltam apenas dois jogos para o acesso. E hoje tivemos um primeiro tempo digno de Alemanha. Abrimos o placar aos 26 minutos com Washington, volante que completou 100 jogos com a camisa do Brasil hoje. Aos 33 minutos Nena literalmente entrou com bola e tudo após escanteio cobrado por Zotti e marcou o segundo. Em seguida, aos 36 minutos, foi a vez de Márcio Hahn estufar as redes do gol cuiabano depois de grande jogada de Alex Amado. E para finalizar, aos 38 minutos, Zotti marcou de voleio e liquidou a fatura. Matamos o jogo em 12 minutos. Momento ímpar, jamais visto na Baixada.

É bom demais ver Washington marcando gol no dia da sua centésima partida. Ver Nena marcar mais um na competição. Ver o incansável Márcio Hahn marcou o seu. Ver Zotti, em certos momentos tão cobrado pela torcida, poder marcar e extravasar. Ver o Martini há 6 jogos sem levar gols e ver a nossa defesa ser a menos vazada da competição.

Agora vem o momento da decisão. Teremos pela frente o Brasiliense com o primeiro jogo na Baixada e o segundo na capital federal. Serão as duas semanas mais tensas dos últimos anos para nós torcedores Xavantes. A correria por passagens para Brasília já começou. Teremos invasão, certamente.

Indiferente de subirmos ou não, é bom demais viver esse momento de pleno orgulho. O orgulho pelo G.E.Brasil é eterno, nunca terá fim, mas falamos do orgulho desse time. É impressionante a entrega dos atletas em todos os jogos. Somos cientes de todos os problemas econômicos que o nosso clube passa, mas dentro de campo nada se percebe. Quando a torcida canta time de guerreiros, não é a toa. Deveremos agradecer eternamente aos jogadores e comissão técnica pela virada que deram, e ainda darão, na vida do nosso clube.

Que venha o Brasiliense. Vai ser do caralho!

FICHA TÉCNICA

G.E.Brasil: Eduardo Martini; Raulen, Cirilo, Fernando Cardozo e Brock; Leandro Leite, Washington, Márcio Hahn (Gustavo Papa) e Zotti (Chicão); Alex Amado e Nena (Nunes). Técnico: Rogério Zimmermann.
Operário-MT: Igor; Jackson Silva, Oldair, Yuri e Wanderson; Jamba, Jean, Julian (Douglas) e Jackson (Matheus); Laionel e Geílson (Grilo). Técnico: Eduardo Henrique.
Cartões Amarelos: Leandro Leite (Brasil).
Gols: Washington, Nena, Márcio Hahn e Zotti (Brasil).
Arbitragem: Cláudio Francisco Lima e Silva, auxiliado por Angelo Rudimar Bechi e Rosnei Scherer.


VÍDEOS

Compacto Blog Xavante

Os gols – Assessoria de Imprensa GEB

Recepção aos jogadores – Vídeo da Juliana Caetano, torcedora Xavante

 

ÁUDIOS

Rádio Pelotense AM


Rádio Universidade AM

 


FOTOS
* by Assessoria de Imprensa GEB e Blog Xavante

 









Comentar

Nossos parceiros

?>