Derrubamos mais um

vs_londrina001

Rafael Forster marcou duas vezes na grande vitória Xavante. Foto: Carlos Queiroz.

E foi-se o último invicto do Campeonato Brasileiro da Série D. Caiu na Baixada, não sobra nada. O Brasil venceu o Londrina na noite desse sábado por 3 a 1 no estádio Bento Freitas em noite de Baixada lotada. Rafael Forster abriu o placar aos 13 minutos da primeira etapa em cobrança de falta que o goleiro do Londrina se atrapalhou com a curva da bola. Mas o Londrina, que fez uma boa primeira etapa, empatou o jogo aos 35 minutos com Rodrigo Batata em lance duvidoso. Em uma bola cruzada na área, Rodrigo Batata desviou e a bola bateu na trave e foi afastada por Cirilo em cima da linha. A bandeirinha correu para o meio do campo e o árbitro da partida confirmou o gol. Mas é impossível saber se a bola entrou ou não. Não deu muito tempo para o Brasil sentir o gol. Aos 41 minutos o Brasil teve outra falta a seu favor, dessa vez mais perto da área, e Rafael Forster soltou um petardo que o goleiro do Londrina nem viu a cor da bola. Golaço.

Na segunda etapa o jogo foi mais parelho com algumas chances a mais de gols para o Brasil. O Londrina tentava atacar mas a defesa Xavante estava intransponível. Quando parecia que a partida terminaria em 2 a 1, em uma cobrança de lateral de Wender o zagueiro do Londrina foi tentar saiu jogando e derrubou Márcio Jonathan dentro da área. Pênalti claríssimo. Chicão foi para a cobrança e marcou.

Com a vitória por 3 a 1, o Xavante pode até perder por um gol de diferença em Londrina no próximo sábado que conquistará a vaga à final da competição. Será um jogo duro e difícil, disso não temos dúvida. Mas a superação desse time é cada vez mais impressionante. A capacidade de cumprir as ordens do comandante Rogério Zimmermann é o que tem levado o Brasil às conquistas.

E que assim sigamos, vencendo e buscando o título da Série D. Afinal, queremos gritar CAMPEÃO!

FICHA TÉCNICA

G.E.Brasil: Eduardo Martini, Wender, Cirilo, Fernando Cardozo e Rafael Forster (Brock); Nunes, Washington, Márcio Hahn; Felipe Garcia (Chicão), Alex Amado e Nena (Márcio Jonathan). Técnico: Rogério Zimmermann.
Londrina: Vitor; Lucas Ramon, Dirceu, Silvio e Allan Vieira; Guilherme Amorim, Diogo Roque, Anderson e Celsinho; Paulinho (Alexandre Oliveira) e Bruno Batata (Madson). Técnico: Cláudio Tencati.
Gols: Rafael Forster aos 13’ 1º tempo e aos 41’ 1º tempo e Chicão aos 49’ 2º tempo (GEB); Bruno Batata aos 35’ 1º tempo (LON).
Cartões amarelos: Eduardo Martini, Forster, Washington, Márcio Hahn, Chicão e Nena (GEB); Paulinho, Guilherme Amorim, Diogo Roque e Madson (LON).
Arbitragem: Edmundo Alves do Nascimento, auxiliado Nadine Camara Bastos e Neuza Ines Back
Local: estádio Bento Freitas, Pelotas-RS.

VÍDEOS

Compacto Blog Xavante

Os gols da partida – Vídeo da Assessoria de Imprensa do GEB

Primeiro e terceiro gol do Brasil


ÁUDIOS

*capturados das rádios Pelotense AM e Universidade AM









Comentar

Nossos parceiros

?>