Xoxo, mas suficiente | Ivan Schuster

Paranóia

Não foi uma apresentação brilhante, é verdade, mas o resultado foi bom. Bem bom. O Novo Hamburgo tem um bom time. Está organizado, tocam bem a bola e possui jogadores de qualidade. Se não houver intrigas e guerra de belezas no elenco, tem boas chances de ir longe. Portanto, um empate na casa deles está de bom tamanho. Ainda mais se considerarmos que ainda curtíamos uma ressaca do esfregaço que demos no Portoalegrense na quarta-feira.

Da apresentação em si, não gostei. Jogamos mais para não perder do que para ganhar. Acho que poderíamos ter ousado um pouco mais no segundo tempo. Não soubemos tirar vantagem do fato de estarmos com um atleta a mais durante a maior parte do segundo tempo. O time pareceu-me um pouco lento e sem criatividade. É bem verdade que as melhores chances de gol foram nossas, mas, enfim, quem mandou nos acostumarem mal? Agora eu quero é ganhar e com show.

Parabéns à BM que voltou atrás e liberou as camisetas de torcidas organizadas, instrumentos e tudo mais. Não tinha sentido prejudicar centenas por causa de meia dúzia de piás mimados e revoltados com a mesada curta. Não sou estudioso do assunto, mas acho que ações positivas dão melhores resultados do que ações restritivas ou coercivas.

Por falar em torcida, posto junto a este texto uma foto que tirei de uma, ou melhor, da torcida organizada do Novo Hamburgo, para que não me acusem de ser exagerado quando falo em meia dúzia de piás. Na imagem dá para ver bem a força da poderosa “Paranóia”. Não sei como o Juizado de Menores autorizou a presença destas crianças. Possivelmente os pais os levam e depois buscam, ou deve ser algum tipo de atividade extracurricular do maternal. Atentem ao detalhe do “chiqueirinho” em que ficam enclausurados. Deve ser medida preventiva para não se perderam. Patético. Se eu pertenceste a uma torcida como esta, provavelmente também seria revoltado. É, companheiro, tem que olhar para aprender.

Mais uma vez a Torcida Xavante surpreendeu. Não, não foi surpresa. Surpresa seria se não nos fizéssemos presentes. Não sou bom de cálculo, mas chutaria algo próximo de 500 Xavantes. Para um sábado de Carnaval, em uma apresentação não decisiva a 300Km de casa, foi um público muito bom.

A Onda Xavante organizou uma excursão de Trensurb, R$ 3,40 ida e volta. Fomos em um vagão exclusivo e escoltados. Se na Europa torcidas como a do Bayern de Munique vai de trem ao estádio, aqui não deixamos por menos. A Maior e Mais Fiel do Interior do RS também é ecológica e incentiva a utilização do transporte público. É o Bonde do Xavante! O Trem Pagador cumpriu, mais uma vez, o seu papel. Agora podem aplaudir para depois continuarem chorando.

Agora é relaxar e esperar a quarta-feira quando enfrentaremos o time do Noveletto no Bento Freitas. Apresentação importante e decisiva para alcançarmos o nosso primeiro objetivo, garantir vaga para o Gauchão 2016. Eu aposto em uma noite espetacular com o Caldeirão fervendo e vitória Xavante.

Rubro-negro vem aí!

Abs.

 


Ivan Schuster
Onda Xavante

Oferecimento de: BrahmSoftware.com – Criação de sites em Pelotas.









Attachment

Comentar

Nossos parceiros

?>