Brasil empata com o Náutico em Caxias do Sul

Brasil empata com o Náutico em Caxias do Sul

Sem poder jogar no estádio Bento Freitas por conta de não ter capacidade mínima de 10 mil lugares, o Brasil enfrentou o Náutico no estádio Centenário, em Caxias do Sul, na noite dessa terça-feira e empatou em 0 a 0.

A partida foi muito disputada com chances claras de gols para os dois times. Na primeira etapa Ramon recebeu belo passe de Diogo Oliveira e tocou na saída do goleiro Júlio César, mas o bandeirinha número um marcou impedimento do atacante Xavante. Ramon não estava impedido, estava atrás da linha do último zagueiro. O lance de maior perigo para o Brasil foi novamente com Ramon. Marlon fez boa jogada pela esquerda e cruzou na pequena área. Ramon tentou dominar na barriga e na hora de balançar a rede o goleiro Júlio César afastou a bola.

Com o empate o Brasil segue na décima posição, agora com 16 pontos. A próxima partida será contra o Bahia, na sexta-feira, 21:30h, novamente no estádio Centenário, em Caxias do Sul.

O resultado não foi ruim. O Brasil conseguiu neutralizar o bom ataque do Náutico. Mas a inoperância ofensiva do Brasil mais uma vez impediu uma vitória. Diogo Oliveira era o único que tentava algo diferente. Felipe Garcia muito apagado na partida, assim como Marcos Paraná. Na segunda etapa Nathan entrou no lugar de Marcos Paraná e pouco fez também. Clébson entrou aos 37 minutos do segundo tempo, no lugar de Diogo Oliveira. O baixinho com dois bons passes criou boas chances de gol. Talvez Clébson no lugar de Marcos Paraná, suspenso, na próxima partida, seja uma boa formação para o meio de campo do Brasil.

Os jogos nessa Série B têm sido difíceis mas o Brasil tem se portado bem defensivamente. Se acertarmos o nosso meio e ataque, teremos melhor sorte na competição. A permanência na Série B será a nossa grande conquista, mas dá pra fazer mais. Os adversários não são tudo aquilo que imaginávamos.

FICHA TÉCNICA

G.E.Brasil: Eduardo Martini, Wender (Weldinho), Leandro Camilo, Teco e Marlon; Leandro Leite, Washington, Felipe Garcia e Diogo Oliveira (Clébson); Marcos Paraná (Nathan) e Ramon. Técnico: Rogério Zimmermann.
Náutico: Júlio César, Joazi, Rafael Pereira e Eduardo; Henrique, Rodrigo Souza (Gustavo Henrique), Gastón Filgueira, Roni (Léo Pereira) e Caique Valdívia (Renan Oliveira); Jefferson Nem e Tiago Adan. Técnico: Alexandre Gallo.
Cartões amarelos: Marcos Paraná (GEB), Eduardo, Gistavo Henrique, Tiago Adan.

ÁUDIO

*capturado da Rádio Xavante

VÍDEO

Melhores Momentos – Imagens PFC









Comentar

Nossos parceiros

?>